Projeto assegura 20 dias de licença-paternidade